sexta-feira, 14 de março de 2008

Luis Fernando Veríssimo - DAR AMOR

DAR OU FAZER AMOR?

Dar não é fazer amor. Dar é dar.
Fazer amor é lindo, é sublime, é encantador, é esplêndido.
Mas dar é bom pra cacete.
Dar é aquela coisa que alguém te puxa os cabelos da nuca...
Te chama de nomes que eu não escreveria...
Não te vira com delicadeza... Não sente vergonha de rítmos animais.
Dar é bom. Melhor do que dar, só dar por dar. Dar sem querer casar....
Sem querer apresentar pra mãe... Sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo.
Dar porque o cara te esquenta a coluna vertebral...

Te amolece o gingado... Te molha o instinto.
Dar porque a vida é estressante e dar relaxa. Dar porque se você não der
para ele hoje, vai dar amanhã, ou depois de amanhã. Tem pessoas que você vai
acabar dando, não tem jeito. Dar sem esperar ouvir promessas, sem esperar
ouvir carinhos, sem esperar ouvir futuro.
Dar é bom, na hora. Durante um mês. Para os mais desavisados, talvez anos.
Mas dar é dar demais e ficar vazio. Dar é não ganhar. É não ganhar um eu te
amo baixinho perdido no meio do escuro. É não ganhar uma mão no ombro
quando o caos da cidade parece querer te abduzir.
É não ter alguém pra querer casar para apresentar pra mãe, pra dar o
primeiro abraço de Ano Novo e pra falar: "Que que cê acha amor?".
É não ter companhia garantida para viajar.
É não ter para quem ligar quando recebe uma boa notícia.
Dar é não querer dormir encaixadinho...
É não ter alguém para ouvir seus dengos...
Mas dar é inevitável, dê mesmo, dê sempre, dê muito.
Mas dê mais ainda, muito mais do que qualquer coisa, uma chance ao amor.
Esse sim é o maior tesão. Esse sim relaxa, cura o mau humor, ameniza todas
as crises e faz você flutuar.

DAR AMOR !!!!!!

7 comentários:

ºº A DoNa ºº disse...

ADOREI!!!!

Por mais que se quebre acara, acho que o unico dar que tem que estar sempre presente é o 'dar chance ao amor"
Adorei seu texto Roberta
Mt bom msm :)

Se autorizar, quero até copiar e colocar no meu blog, mas com direitos autorais... vc deixa?
Vc me dá esta chance? heheh
bjusss

Roberta disse...

Olha só, quem me dera!! Pode postar sim, mas dê os créditos a quem realmente os merece: o autor! Luis Fernado Veríssimo!! :-)

ºº A DoNa ºº disse...

Que isso

A gente tbém escreve coisas legais..
E quando um filhote BONITO assim sai, a gente nem acredita

Filho feio tbém dá alegrias...

Ao menos tentamos né? kkk
Pior é quem não tenta

Pensa Bem:: Luis Verissimo.. qntos lixos ele deve escrever antes de um texto bom??

A gente é melhor, escrevemos menos, mas com mais QUALIDADE

hehehe

Bjuss
Vou dar.. ops! copiar o texto pro meu blog

Roberta disse...

KKKK só rindo mesmo KKK

Tudo bem.. vamos dizer que o LFV até escreva textos ruins... rsss mas - pense bem - a proporção com que isso acontece com ele é bem menor do que isso acontece comigo KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK :-)

ºº A DoNa ºº disse...

É Roberta

Mas ele vive pra isso, a gente faz por esporte.

Repeti o texto no meu blog, e um coleguinha já veio fazer brincadeira sem graça... nem consigo respondê-lo

Fui lendo o seu blog, morri de rir com muitos e-mails que você recebe falando de besteiras hehe

bjuss

Roberta disse...

kkk ah, mas isso tem D+... vai se acostumando...rss :-) bjus

ºº A DoNa ºº disse...

Tô procurando uma resposta pro engraçadinho

Não sei se humilho, se brinco, se detono, se mato!!!!
Tô sem saber o que fazer
NO meu tbém tá com post novo!!!!
Bjus