sábado, 1 de dezembro de 2007

Homem predador


Outro dia, chamou-me a atenção a capa da revista Galileu para a reportagem * Ele já foi o seu melhor amigo. Agora virou o seu filho *, a respeito do processo de humanização pelo qual os cães têm passado. A reportagem é muito boa, e discorre sobre os diversos níveis de relacionamento homem x cão. Ao ler um curto parágrafo que falava sobre o cão ser usado como alimento pelos asiáticos fiquei entre chocada e aterrorizada: Ele não só é usado como fonte de proteínas, como acredita-se que quanto mais o animal sofre antes de morrer, mais macia a carne fica!!! A frase seguinte me deixou bem abalada: descreve a cena de um animal em agonia, enforcado pendurado no teto e o cozinheiro ainda puxando suas patas para aumentar o sofrimento. Mas o pior foi a descrição de um cão magrinho, de olhos arregalados, sendo retirado de uma panela de água fervente para depois ser esfolado .... vivo!!!
PQP!! como a raça humana pode ser tão cruel!!
Será que eu sou sensível demais? Exagerada demais?

Não me recordo, dos vários documentários exibidos no Discovery Channel ou qualquer dos episódios do saudoso *O mundo Animal* por mais sangrentas que fossem as cenas, não me recordo de ter assistido qualquer coisa sobre uma espécie capaz de torturar, matar e/ou oferecer em sacrifício ser de sua própria espécie seja por qual motivo for, e sentindo prazer em alguns destes atos.

Pois o ser da raça humana faz isso. Imagine que precisamos até de leis para nos defendermos de outros de mesma espécie.

Oscilando entre o pessimismo e o realismo, não creio que haja algum tipo de recuperação para nossa espécie. Soa estranho para mim, dizer *nossa* espécie, incluindo-me entre estes seres, como se compartilhasse de tais barbaridades.

Talvez isso tudo seja parte de um grande desequilíbrio ecológico, uma vez que toda espécie animal precisa de outra espécie que funcione como predador a fim de que haja o controle populacional e o ciclo se cumpra. Nossa espécie carece de tais inimigos, restando-lhe apenas os acidentes naturais para cumprir esta tarefa. Mas isso também não serve de desculpa, consolo ou atenuante os comportamentos predatórios.
Espécie humana: uma espécie que pratica atos cruéis, desnecessária, mas intencionalmente.
E, se os seres humanos agem assim com outros de mesma espécie, por que haveria eu de pensar que ele fosse poupar animais de outras espécies?

"Chegará o dia que o homem conhecerá o íntimo dos animais. Neste dia, um crime contra um animal será considerado um crime contra própria humanidade."

domingo, 4 de novembro de 2007

Videos, filmes, episódios de seriados (Heroes, BSG, Lost & outros)


Onde assistir online aos episódios da 2 temporada

Lingua do *P*

Recebido por e-mail !!

A LÍNGUA PORTUGUESA NOS PERMITE ESCREVER ISSO...

(e observe que não se trata de uma estória sem pé é nem cabeça)

"Pedro Paulo Pereira Pinto, pequeno pintor português, pintava portas, paredes, portais. Porém, pediu para parar porque preferiu pintar panfletos.
Partindo para Piracicaba, pintou prateleiras para poder progredir.
Posteriormente, partiu para Pirapora. Pernoitando, prosseguiu para Paranavaí, pois pretendia praticar pinturas para pessoas pobres. Porém, pouco praticou, porque Padre Paulo pediu para pintar panelas, porém posteriormente pintou pratos para poder pagar promessas.
Pálido, porém personalizado, preferiu partir para Portugal para pedir permissão para papai para permanecer praticando pinturas, preferindo, portanto, Paris.
Partindo para Paris, passou pelos Pirineus, pois pretendia pintá-los...
Pareciam plácidos, porém, pesaroso, percebeu penhascos pedregosos, preferindo pintá-los parcialmente, pois perigosas pedras pareciam precipitar-se principalmente pelo Pico, porque pastores passavam pelas picadas para pedirem pousada, provocando provavelmente pequenas perfurações, pois, pelo passo percorriam, permanentemente, possantes potrancas. Pisando Paris, pediu permissão para pintar palácios pomposos, procurando pontos pitorescos, pois, para pintar pobreza, precisaria percorrer pontos perigosos, pestilentos, perniciosos, preferindo Pedro Paulo precaver-se.
Profundas privações passou Pedro Paulo.
Pensava poder prosseguir pintando, porém, pretas previsões passavam pelo pensamento, provocando profundos pesares, principalmente por pretender partir prontamente para Portugal. Povo previdente!
Pensava Pedro Paulo...
Preciso partir para Portugal porque pedem para prestigiar patrícios, pintando principais portos portugueses.
-Paris! Paris! Proferiu Pedro Paulo. Parto, porém penso pintá-la permanentemente, pois pretendo progredir.
Pisando Portugal, Pedro Paulo procurou pelos pais, porém, Papai Procópio partira para Província. Pedindo provisões, partiu prontamente, pois precisava pedir permissão para Papai Procópio para prosseguir praticando pinturas.
Profundamente pálido, perfez percurso percorrido pelo pai. Pedindo permissão, penetrou pelo portão principal. Porém, Papai Procópio puxando-o pelo pescoço proferiu:
- Pediste permissão para praticar pintura, porém, praticando, pintas pior.
Primo Pinduca pintou perfeitamente prima Petúnia. Porque pintas porcarias?
- Papai, proferiu Pedro Paulo, pinto porque permitiste, porém preferindo, poderei procurar profissão própria para poder provar perseverança, pois pretendo permanecer por Portugal.
Pegando Pedro Paulo pelo pulso, penetrou pelo patamar, procurando pelos
pertences, partiu prontamente, pois pretendia pôr Pedro Paulo para praticar profissão perfeita: pedreiro!
Passando pela ponte precisaram pescar para poderem prosseguir peregrinando.
Primeiro, pegaram peixes pequenos, porém, passando pouco prazo, pegaram pacus, piaparas, pirarucus.
Partindo pela picada próxima, pretendiam pernoitar pertinho, para procurar primo Péricles primeiro. Pisando por pedras pontudas, Papai Procópio procurou Péricles, primo próximo, pedreiro profissional perfeito.
Poucas palavras proferiram, porém prometeu pagar pequena parcela para Péricles profissionalizar Pedro Paulo. Primeiramente Pedro Paulo pegava pedras, porém, Péricles pediu-lhe para pintar prédios, pois precisava pagar pintores práticos. Particularmente Pedro Paulo preferia pintar prédios.
Pereceu pintando prédios para Péricles, pois precipitou-se pelas paredes pintadas.
Pobre Pedro Paulo, pereceu pintando..."
Permita-me, pois, pedir perdão pela paciência, pois pretendo parar para pensar...
Para parar, preciso pensar....
Pensei.
Portanto, pronto. Pararei."

E vc ainda se acha o máximo quando consegue dizer: "O Rato Roeu a Rica Roupa Rasgada do Rei de Roma."?

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Before & After Marriage ....

Recebido por e-mail ....


Antes do Casamento...

Homem: Sim. Finalmente. Mal posso esperar...

Mulher: Vc quer que eu vá?

Homem: Não! Nem penso nisso.

Mulher: Vc me ama?

Homem: Claro! sem parar!

Mulher: Vc já me traiu?

Homem: NÃO! Pq vc está perguntando?

Mulher: Vc vai me beijar?

Homem: Em cada oportunidade que eu tiver!

Mulher: Vc vai me bater?

Homem: Vc está maluca! Não sou este tipo de pessoa!

Mulher: Posso acreditar em vc?

Homem: Sim.

Mulher: Amoooorr!

Depois do casamento .... basta ler de baixo para cima

Despertador ou Gatinho??...



KKKKK

Achei na batata transgênica!!!

ótimo!!

Guia dos Cafajestes

Apresento à vocês o Manual Prático dos Cafajestes ou o Manual do Verdadeiro Canalha que recebi por e-mail.

Ele te ajudará em ocasiões oportunas e também constrangedoras.
O guia é testado e aprovado, mesmo que inconscientemente, por homens em todo o mundo.


Cap. I Dos Princípios Fundamentais

Art.1. Não ter nenhum princípio.
Art.2. Homem não trai, distrai-se.
Art.3. Nunca se deve bater em uma mulher - ela pode se apaixonar.
Art.4. Mulher bonita a gente come e apresenta aos amigos; mulher feia a gente só não apresenta.
Art.5. Usar sempre as velhas desculpas:
I - Mas eu te Amo;
II - Não vai doer nada;
III - Nunca vou te deixar;
IV - Eu estava bêbado.
V - Eu posso explicar...
VI - Vou comprar cigarro e já volto.
VII - Você é a única na minha vida.
VIII - Você vai acreditar na sua amiga ou em mim?
Art.6. Não minta. Omita.
Art.7. Cafajeste não se arrepende - se diverte com o fatídico.
Art.8. Nunca deixar os amigos porque sua namorada está chamando.
Art.9. Mesmo se for pego em flagrante, negue tudo até ela acreditar.
Art.10. Em casos de "extrema necessidade", prometa tudo a uma mulher - elas acabam cedendo.
Art.11. Seja prevenido - leve camisinha até para velórios - mulheres são geralmente frágeis e sentimentais.
Art.12. Não perdoe - vingue-se.

Cap. II Das Considerações e Desconsiderações

Art.13. Homem não tem amigas, apenas as "considera" um pouquinho mais.
Parágrafo único - A alegação de afinidades entre os dois poderá ser usada como método de convencimento para possível relacionamento sexual.
Art.14. Considera-se incluída na contagem geral a mesma mulher que, porventura, o cafajeste tenha ficado numa única noite.
Art.15. Para o disposto nesta Lei, não se considera como mulher:
I. Sua mãe;
II. Mãe de seus amigos - salvo se for do tipo "coroa enxuta";
III. Sua irmã.
Art.16. Prima não é parente.

Cap. III Das Classes e Classificações

Art.17. Os cafajestes só saem com 3 (três) tipos de mulher:
I- As nacionais;
II- As estrangeiras;
III- As extraterrestres.

Cap. IV Das Cachaças e das Biritas

Art.18. Cafajeste não "toma uma", quem "toma uma" é boiola.
Art.19. É vedada toda e qualquer recriminação à barriga de cerveja do cafajeste.
Art.20. Tudo é lícito quando se está embriagado.
Art.21. Nunca deixe de beber com os outros cafajestes por causa de mulher. (Vide Art. 8).

Cap. V Das Bozengas e Mocréias

Art.22. Causas excludentes de anti-juridicidade.
I. Elevado grau alcoólico.
II. Ambiente favorável.
III. Bestialidade absoluta do ser.
IV. Fraqueza da carne.
Art.23 . Considera-se induzimento a erro essencial, aquele que, para satisfazer interesses escusos, induzir o amigo a agarrar alguma dessas criaturas (bozengas ou mocréias).
Parágrafo único- O agente passivo está isento de culpa ou dolo.

Disposições finais

Art.24. Vetado

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Apontadores de lápis (Pencil sharpeners)


Navegando entre as tags do IceRocket, encontrei [este apontador ] de lápis nada cute-cute. Imagino que deva ser útil para presentear aquele funcionário mto tranquilão, que entrega os projetos fora do prazo...

E sua aparência assustadora me deixou curiosa quanto ao design deste pequeno utensílio, que eu acreditava estar quase em extinção..
Seguem outros criativos:

[nose ] [ Feline arse ] [animais ] [walking triceraptor] [walking robot] [ burpn'monster] [ kit big galaxy ] [fofos] [musical] [queijo] [usb pencil sharpener ] classificado como o pior periferico usb já inventado!!



Para encerrar, uma viagem no tempo:


Através do site [ Early Office Museum] que abriga uma exposição de Apontadores de Lápis Mecânicos (Mechanical Pencil Sharpener Gallery) relacionando-os por Modelo, ano, fabricante e a respectiva imagem!!

Mas não só isso, a viagem não seria completa se vc não pudesse conhecer alguns dos materiais de escritório utilizados na época. E no site vc conhece desde o mobiliário até os equipamentos, que atualmente são simples e compactos!!!


A partir da [pagina inicial ] vc pode selecionar qual o ancestral de equipamento de escritório vc deseja conhecer e ler uma curta história sobre ele. (inglês)
[copiadoras ] [ calculadoras ] [canetas e acessórios] [grampeadores e afins ] [Antigas imagens] de interiores de escritórios e salas de aula

lucky me! outro site: [ museu do tinteiro e outros artigos de escritório ]!!

Eu nunca pensei encontrar estas coisas na internet...

*** Encontrado por acaso .... ***

[ ALESSI ] - design pra tudo o que se possa imaginar!!! ou quase tudo

Painel de Cortiça

Descobri que meu blog e algumas de suas tags estão listadas no ICEROCKET.com, que é uma ferramenta de busca em Blogs, Web, MySpace, News, Images; serviço de mail; RSS builder; trends showcase.Vale conferir!

E tb, um antigo post aqui do blog, sobre GenPets, está linkado a uma comunidade do Orkut *GenPets*.

Lá entre as besteiras que falam, encontrei um scrap com um link aqui pro blog. Este, não vale conferir!

domingo, 28 de outubro de 2007

Links para assistir clips musicais :-)

ecebi por e-mail uma lista de vários clips musicais, shows, filmes, etc...
Mas como a lista é extensa, aqui vão só alguns dos links...

Beto Guedes - "Sol de Primavera"
Bill Haley and his Comets - "Rock around the clock"
Chico Buarque - "Trocando em Miúdos"
Diana Krall - "Fly me to the moon"
Diana Krall - "Just the way you are"
Edith Piaf - "La Vie En Rose" - 1954
Fred Astaire & Ginger Rogers - "Cheek to Cheek"
Tom Jobim - "Wave"


acima - cover de Kamelot - Abandoned



acima halleluja Shreck (Halleluja Jeff Buckley/Leonard Cohen cover by Chris Phillips)
"Hallelujah" by Rufus Wainwright (Irish performance)

outros (musicas, filmes inteiros, clips, documentários) podem ser encontrados aqui:
Alma Carioca
Dicas do Timoneiro
Barquinho

Se alguém quiser a lista toda por mail, pode deixar o mail no comentário que eu envio :-)

** Recebido por e-mail **

Se de fato aconteceu, não sei dizer, mas não duvido que possa ser verdade! segue mensagem...

SENTENÇA INUSITADA DE UM JUIZ, POETA E REALISTA
Esta aconteceu em Minas Gerais (Carmo da Cachoeira).

O juiz Ronaldo Tovani, 31 anos, substituto da comarca de Varginha, ex-promotor de justiça,
concedeu liberdade provisória a um sujeito preso em flagrante por ter furtado duas galinhas
e ter perguntado ao delegado: 'Desde quando furto é crime neste Brasil de bandidos?'

O magistrado lavrou então sua sentença em versos:

No dia cinco de outubro
Do ano ainda fluente
Em Carmo da Cachoeira
Terra de boa gente
Ocorreu um fato inédito
Que me deixou descontente.

O jovem Alceu da Costa
Conhecido por 'Rolinha'
Aproveitando a madrugada
Resolveu sair da linha
Subtraindo de outrem
Duas saborosas galinhas.

Apanhando um saco plástico
Que ali mesmo encontrou
O agente muito esperto
Escondeu o que furtou
Deixando o local do crime
Da maneira como entrou.

O senhor Gabriel Osório
Homem de muito tato
Notando que havia sido
A vítima do grave ato
Procurou a autoridade
Para relatar-lhe o fato.

Ante a notícia do crime
A polícia diligente
Tomou as dores de Osório
E formou seu contingente
Um cabo e dois soldados
E quem sabe até um tenente.

Assim é que o aparato
Da Polícia Militar
Atendendo a ordem expressa
Do Delegado titular
Não pensou em outra coisa
Senão em capturar.

E depois de algum trabalho
O larápio foi encontrado
Num bar foi capturado
Não esboçou reação
Sendo conduzido então
À frente do Delegado.

Perguntado pelo furto
Que havia cometido
Respondeu Alceu da Costa
Bastante extrovertido
Desde quando furto é crime
Neste Brasil de bandidos?

Ante tão forte argumento
Calou-se o delegado
Mas por dever do seu cargo
O flagrante foi lavrado
Recolhendo à cadeia
Aquele pobre coitado.

E hoje passado um mês
De ocorrida a prisão
Chega-me às mãos o inquérito
Que me parte o coração
Solto ou deixo preso
Esse mísero ladrão?

Soltá-lo é decisão
Que a nossa lei refuta
Pois todos sabem que a lei
É prá pobre, preto e puta...
Por isso peço a Deus
Que norteie minha conduta.

É muito justa a lição
Do pai destas Alterosas.
Não deve ficar na prisão
Quem furtou duas penosas,
Se lá também não estão presos
Pessoas bem mais charmosas.

Afinal não é tão grave
Aquilo que Alceu fez
Pois nunca foi do governo
Nem seqüestrou o Martinez
E muito menos do gás
Participou alguma vez.

Desta forma é que concedo
A esse homem da simplória
Com base no CPP
Liberdade provisória
Para que volte para casa
E passe a viver na glória.

Se virar homem honesto
E sair dessa sua trilha
Permaneça em Cachoeira
Ao lado de sua família
Devendo, se ao contrário,
Mudar-se para Brasília!

To Heroes fans



Para quem é fã de Heroes e mal pode esperar para saber como continua a saga na 2Temporada, prevista para início de janeiro, vale conferir os links abaixo:

* Universal Channel – Brasil – Heroes!
* Legendas e afins !!!

* YouTube – Entrevistas de Masi Oka: programa da Ellen; jogo de futebol americano, onde ele pára o tempo!!



** Os links abaixo estão em inglês para quem quiser ler / assistir : antecipações e spoilers! **

-* NBC – video and graphic novels of Takezo Kensei's tales at YAMAGATO Fellowship

:-) link1

:-) link 2 - transcription








-* Heroes' Graphic Novels

-* Hiro's Blog

-* Episode Photos – Season 2 - onde vc pode escrever comentários para as fotos expostas

-* Site com Transcrição do episódios (seasons 1 e 2)

-* Making off -videos - NBC site

-* World Tour Photos

-* Masi meets his Heroes :-)

-* Heroes on Wikipedia !

-* World Tour Videos - Brazil wasn't included :-(

:-) Toronto - day 1

:-) Singapore – CRAZY!!!

:-) and there's much more ...

-* NBC Heroes Forum

/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-

Onde assistir os episódios da 2 temporada

[ Sidereel ] [ Heroes season 1 &2 ] [ DailyMotion ] [ Surf The Channel ] [ Dude Videos ]

sábado, 27 de outubro de 2007

Quer aprender japonês?


Você pode começar visitando estes sites:

** sites em português **


luso-japonês - dicas de frases


Otaku project - com tópicos de vocabulário e de gramática entre outros.


Aprendendo japonês.com - dicas e curiosidades


** sites em inglês **




kanji-step - não pague nada, vasculhe o site, os links e tudo o que está disponível. Tem mta coisa útil e grátis por lá


japanese.about.com - otimas dicas

Ainda sobre livros ...


Intercâmbio de livros

Hoje ouvi uma noticia no Jornal Nacional... a respeito dos *livros errantes*! Este tipo de atividade já existe fora do Brasil, inclusive há o bookcrossing , um site bem organizado a respeito do assunto! São livros que são deixados em lugares onde podem ser encontrados para que outra pessoa os encontre e ... leia! sim! No exterior existe este bookcrossing site que resolveu criar etiquetas de identificação e registro do caminho que os livros percorrem. Assim, vc pode saber onde encontrá-lo e quais estão disponíveis em locais próximos de vc! :-) (já escrevi sobre isso aqui.)

Aqui no Brasil, a notícia divulgada no JNacional, corresponde a esta comunidade no Orkut *Livro Errante*, cujos membros – ou sua maioria – residem no Recife e trocam livros entre si. Através do fórum, eles abrem tópicos de acordo com o assunto do livro e os interessados se alistam pra receber o livro e passá-lo adiante... No final, o livro retorna ao seu dono! :-)

Agatha Christie

Sou grande fã dos romances policiais de A.Christie. Comecei a devorar suas publicações começando pelo *Caso dos 10 negrinhos* (título(s) original(is): Ten little niggers or Ten little indians or And then there were none). Meu interesse prosseguiu e li outros mais. Dentre eles, os mais marcantes foram *O destino Ignorado*(Destination Unknown) , * E cai o pano*(Curtain) , * O misterioso caso de Styles* (The Misterious Affair at Styles), * A mansão Hollow* (The Hollow), * Expresso Oriente* (Murder on the Orient Express), *N ou M?*(N or M?), * E no final a morte* (Appointment with Death), *Morte no Nilo* (Death on the Nile) e *A carga* (The Burden). Este último, escrito sob o pseudônimo de Mary Westmacot. Além destes tb li *Autobiografia* e * Venha e conte como vc vive* (Come, tell me how do you live).

Para quem quer ler os livros de outros autores e tb de A.Christie em formato *.pdf ou *.txt. Pode fazer download aqui (inglês)

Outros links sobre livros , mto interessantes!!

Blog escrito para quem gosta de livros (inglês)

Writing everyday >>> fala sobre tudo que ele acha interessante! (inglês)

Um leitor comentando sobre os muitos livros que lê (Inglês )

........... mais, mto mais livros ( books ) on blogcatalog

Procurando textos achei este blog [Chuvinha no Cérebro] com suas frases, poesias e textos imperdíveis. Não pude resistir! deixei um post pedindo pra copiar o post todo... Aff.. o post é incopiável.. sniff.. Então, visite o blog :)

E se vc gosta de manter seus livros e seus objetos em ordem.... ou é um freak organizer por natureza, vai gostar deste blog!! Freak organizer

(imagem: é minha mesmo)

sábado, 20 de outubro de 2007

Meme nr. 02

Voltei só pra responder ao meme do caro colega Guilherme Gurgel que, gentilmente, me convidou para participar do seguinte meme:

1. Pegue um livro próximo (PRÓXIMO, não procure);
2. Abra-o na página 161;
3. Procure a 5ª frase, completa;
4. Poste essa frase em seu blog;
5. Não escolha a melhor frase nem o melhor livro;
6. Repasse para outros 5 blogs.

Então...

Ser carioca é viver na contramão.

kkkk o livro se chama *Amor a sim mesmo* Artur da Távola - crônicas*
Não era o mais próximo, confesso. Os mais próximos eram dicionários e não continham frases completas.. então...

Bom, vou fazer como a dani do prilili.. e não vou passar não... tenho o maior azar com minhas escolhas...rss então ... fica por aqui :-)

Beijão pra quem veio visitar intencionalmnente...
e tb pra quem veio parar aqui por engano..heheh

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Dando um tempo... :-)



vou dar uma descansadinha e depois eu volto!
beijinhos para todos":-)

segunda-feira, 10 de setembro de 2007

sexta-feira, 31 de agosto de 2007

* Mulher compreensiva, homem esperto!*



Quando eu completei 25 anos de casado, olhei para minha esposa e disse:


- Querida, 25 anos atrás, nós tínhamos um fusquinha caindo aos pedaços, um
apartamento menor que uma caixa de fósforos, dormíamos em um sofá-cama e víamos
televisão em uma TV preto e branco de 14 polegadas. Porém, todas as noites eu
dormia com uma gostosa de 25.
E agora que nós temos uma mansão, duas Mercedes, uma cama super king size e
uma TV de plasma de 50 polegadas, eu estou dormindo com uma velha de 50 anos. Me
parece que você é a única que não está evoluindo...

Minha esposa, que é uma mulher muito sensata, disse-me então para sair de casa e, achar uma gostosa de 25 anos de idade que quisesse ficar comigo, e que se isso acontecesse, ela, com o maior prazer faria com que novamente eu vivesse em um apartamentozinho, dormisse em um sofá-cama e não dirigisse nada mais que um fusquinha velho caindo aos pedaços.


Achei melhor me calar e ir dormir. Estas mulheres mais maduras realmente sabem como resolver uma crise de meia idade. !!!

quinta-feira, 30 de agosto de 2007

SIMPLICIDADE MASCULINA


Quando tinha 14 anos, esperava ter uma namorada algum dia. Quando tinha 16 anos tive uma namorada, mas não tinha paixão. Então percebi que precisava de uma mulher apaixonada, com vontade de viver.

Na faculdade saí com uma mulher apaixonada, mas era emocional demais. Tudo era terrível, era a rainha dos problemas, chorava o tempo todo e ameaçava se suicidar. Descobri que precisava de uma mulher estável.

Quando tinha 25 encontrei uma mulher bem estável, mas chata. Era totalmente previsível e nunca nada a excitava. A vida tornou-se tão monótona que decidi que precisava de uma mulher mais excitante.

Aos 28 encontrei uma mulher excitante, mas não consegui acompanhá-la de um lado para o outro sem se deter em lugar nenhum. Fazia coisas impetuosas, paquerava com qualquer um e que me fez sentir tão miserável quanto feliz. No começo foi divertido e eletrizante, mas sem futuro.

Decidi buscar uma mulher com alguma ambição. Quando cheguei aos 31, encontrei uma mulher inteligente, ambiciosa e com os pés no chão. Casei com ela. Era tão ambiciosa que pediu o divórcio e ficou com tudo o que eu tinha.

Hoje, com 40 anos, gosto de mulheres com bunda grande...
E só!
Nada como a simplicidade...

(Luis Fernando Verissimo)

imagem: aqui

quarta-feira, 29 de agosto de 2007

ARTE > Escultura > Elementos diversos




Jen Stark- Escultura de Papel

Com esculturas diversas e animação







Escultura em papel recortado - Ferry Staverman
Ferry Staverman makes objects like this one. They are made of beeboard, cardboard with an honeycomb core, and hold their structure with thin threads. (today & tomorrow)







Escultura usando LEGO - Nathan Sawaya, the brickartist

Sawaya’s art form takes shape primarily in 3-dimensional sculptures and oversized mosaic portraits. Some of his favorite pieces of art include a huge black and white self portrait and a gigantic Monopoly box.






Esculturas de bronze de Nano Lopez

Nanimals
Spirited, fanciful creatures, Nano's limited - edition bronze animals are a fascinating fusion of intricate details, rich textures, and surprising connections. Nano invites us to look at the world more carefully and discover for ourselves the vibrant interwoven fabric of life.





Philippe Guillerm instrumento musical/madeira

Guillerm's music-inspired sculptures are whimsical and curvaceous string instruments, he uses the theme as a way of expressing human nature and needs, you see an instrument, he sees an attitude.





Ron Mueck - Esculturas Hiper Realistas SlideshowMueck's sculptures faithfully reproduce the minute detail of the human body, but play with scale to produce disconcertingly jarring visual images. His five metre high sculpture Boy 1999 was a feature in the Millennium Dome and later exhibited in the Venice Biennale.

terça-feira, 28 de agosto de 2007

Mensagem 1 :-)

Quer mandar uma mensagem mttttooo engraçada pra alguém ...



Want more? Get 'em @ FriendsterStuff.com!

*Seu Olhar* Arnaldo Antunes

Música: *Seu Olhar*, por *Arnaldo Antunes*
Sugestão: Flávia [Cotianidades]



Video: YouTube por gabrielmadeirasp

* Lula & Napoleão Bonaparte *

Napoleão Bonaparte para os mais inteligentes...

Napoleão Bonaparte durante as batalhas sempre usava uma camisa de cor vermelha. Assim, se fosse ferido, os soldados não notariam o comandante ferido e continuariam a lutar com o mesmo ímpeto. Dois séculos depois, inspirado no grande general francês, Lula só usa calça marrom!

*por e-mail*

domingo, 26 de agosto de 2007

NANDO REIS ** Por Onde Andei **



Adoro esta música!



Este video:Festa de Lançamento do filme "Meu Tio Matou um Cara".
Gravado dia 28/11/2004 no Armazém Digital, shopping Plaza em Botafogo - Rio de Janeiro


versão cavaco, por desaolb

quinta-feira, 23 de agosto de 2007

Ingles, dicionários e afins...

Se vc como eu, tem certa paixão por entender textos e gosta de passar horas folheando um dicionário e descobrindo palavras novas...
vai gostar de conhecer estes sites..

lEGENDA.TV - este pessoal levou a coisa a sério. Olhe o forum e veja que eles se organizaram em equipes e o grande desafio é produzir legendas para os seriados assim que eles aparecem disponíveis na web. Sim! o episódio passa fora do Brazil e eles baixam e captam o audio, o texto, traduzem, sincronizam e por fim, colocam a legenda para ser adaptável ao episódio e prontinho pra ripar em mídia! :-) No forum .. trocentos links de ajuda aos tradutores com todo o tipo de dicionário online que um ser humano pode desejar!!(se vc não conseguiu acessar é pq precisa se cadastrar)

TVGASM - tb tem tudo a ver com seriados, legendas, traduções, etc...

AQUI - o único site que conheço na web onde se divulga transcrições de episódios... se vc baixou aquele episódio e não consegue entender o que os caras estão falando... pois é... pode ir que vc acha o texto, as cenas, tudinho lá!!

Dicionários on line:

Urbandictionary - gírias e coisas mto doidas! :-)

Dictionary.com - é ótimo tb! :-)

Wordlingo - tá desesperado? tenta esse!

Ferramentas de Idiomas _ google - no mesmo estilo do anterior!

:-) bye

// Podem Cancelar o Plano de Saúde //

Acredite se quiser... Este pessoal aqui faz *milagres* Divirtam-se com as imagens e as propagandas enganosas... :-)
























quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Are you a BATTLESTAR FAN?


iF you say so!! Check it out !! What's in the store for season 4!!

'Battlestar' Secrets Revealed (to Press)



Despite record attendance and large flashy panels at Comic-Con, with multiple cast members, creators, showrunners and producers, surprisingly little hard news actually emerged from those sessions.




The most significant announcement from the "Lost" and "Battlestar Galactica" panels concerned the return of a cast member -- with the "Lost" news being leaked in advance. The majority of other news took the form of clues or plot points that would be meaningful only to die-hard fans of the show -- which I guess is what Comic-Con is all about.




"Battlestar's" big reveal was the midseason return for two or three episodes of the Cylon D'Anna, played by Lucy Lawless. Executive producer Ron Moore said D'Anna's unboxing would represent a pivotal moment in the series, turning the direction of the season's second half.




"What I like about D'Anna is she was the grit in everybody's eye," Lawless said. She also joked that Dean Stockwell's Cylon character had been keeping all the D'Anna models in his quarters for his own private purposes.



The public "Battlestar" presentation was lively and thoroughly entertaining -- focusing on the women of "Battlestar" -- but it was the press conferences after that yielded the most information and clues for devoted fans. This is perhaps a benefit of having a professional asking the questions as opposed to suffering, say, the "Heroes" audience asking several variations on "What's your favorite part about starring on the show?




"So for all you "Battlestar Galactica" die-hards, here's a rundown of what to look for in the show's fourth and final season.




Showrunner Ron Moore confirmed that the identity of the fifth and final Cylon will be revealed late in the series, perhaps as late as the final episode.




This season will see lots of Adama-Starbuck conflict, especially the first episode. No one will be left saying "Gee, I wish there was more Adama/Kara scenes."




Baltar's arc will be shocking and thrilling to fans of the character. Said Tricia Helfer (Number Six): "Baltar's getting a lot of action this season, and I haven't been involved."




Moore is hoping to bring back lawyer Romo Lampkin from the season-three finale.




Katee Sackhoff eloquently discussed how differently she'll play the character of Starbuck, now that she's seen Earth. Initially the plan was to play Starbuck very serenely, but during shooting it became clear that wouldn't work. So while Starbuck now does have moments of calm and peace, instead Sackhoff is playing Starbuck with heightened emotions. The most significant change to Starbuck's character is that she has now found a purpose and role in life, whereas before she was always frustrated by her failure to find any.




"The decision was to end the show at the top of our game," said Moore. "That choice precludes certain other choices. [Like wrapping up every possible loose end of plot]. We'll always be able to say we could have done more."




With the Chief now revealed to be a Cylon, it means there are two Cylon-human baby hybrids, Hera and Nicholas. Moore said Hera is crucial to the ongoing story and her arc will be concluded, but the ramifications of Nikki's heritage may end up being ignored.




One plot point that may or may not be resolved on camera is, at the end of the miniseries, who left the note for Adama telling him there are 12 Cylons? Don't despair, though, as Moore said he's always considered it to be Baltar who left the note. Moore described it in the context of the adjacent scene in which Six and Baltar are walking down a corridor and Baltar is contemplating his guilt about playing a part in the human genocide. He expresses a desire to do something good, hence the note.




Moore found it difficult to talk too much about the plot of "Razor" -- November's special extended episode intended to bridge the gap between seasons three and four --because it jumps around in the show's chronology so much. He confirmed that in the scenes featuring the first Cylon attack 40 years ago, we would see the original Cylon centurions and raiders from the 1970s TV series.




Moore also clarified the plans for different versions of "Razor." His original cut had to be shortened for broadcast, so various scenes were removed that helped set up the current chronology for the special. Sci Fi Channel will begin airing these six to eight weeks before the episode's on-air debut as a way to stoke interest. Moore seemed unsure if they would be aired on Sci Fi as minisodes or online as webisodes. For "Razor's" DVD release, these will be seamlessly edited back into the episode.




There are no plans to do a series of direct-to-DVD movies after "Battlestar" ends its run. While it can't be ruled out as ever happening, Moore pointed out, "At some point we're going to strike the sets, and it'd be very difficult to rebuild the Galactica on a TV movie budget."




Moore and cast seemed pretty serious when asked about a potential SAG Award nomination for ensemble performance.




"I think our cast absolutely deserves a nod," Moore said. "It's one of the strongest on TV. From guest stars to the regular cast, they're amazing."




"We've been relishing in the ensemble," said actor Mary McDonnell.




Katee Sackhoff is able to star in roles on "Battlestar" and NBC's "Bionic Woman" without conflict thanks to "Battlestar's" atypical production schedule.




"From a production standpoint it works seamlessly," Eick said. "From Katee's standpoint, she just has to do a lot of amphetamines."




David Eick is working on a Fox pilot called "Them." It's in consideration for midseason and Helfer has a role. Pilot has been shot, but reshoots are imminent.



Alex Romanelli

(found it here)

terça-feira, 21 de agosto de 2007

Comercial Nissan Pathfinder

Veja este comercial alemão do Nissan Pathfinder para ver exatamente como a suspensão trabalha.

Depois de ver vocês vão sem dúvida compreender como a suspensão funciona para atenuar as irregularidades do pavimento.



A música de fundo bem que podia ser um sambinha... heheh

Octi, o polvo-fêmea!!


Recebido por e-mail!


Sério! quando recebi a figura acima por e-mail, pensei tratar-se de uma piada... Afinal, há tantas sobre este tema... Mas ao fazer uma busca no Google, encontrei até um vídeo, onde as habilidades do polvo, que é fêmea, são demonstradas ao vivo e a cores!!

Octi, o polvo fêmea, tornou-se a grande atração do National Aquarium da Nova Zelândia, entusiasmando os visitantes com sua habilidade de abrir tampas de garrafas.

Aqui vc encontra a reportagem em um site de notícias Neozelandês! publicada em abril de 2007!

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Adriana Falcão - Encantos e Paixões

Meu texto favorito da Adriana Falcão... parece que estou lendo um daqueles livros de pano para crianças, que tem a imagem com sua explicação. Aproveitem! :-)

Encantos e Paixões
(Adriana Falcão)

Solidão é uma ilha com saudade de barco.
Saudade é quando o momento tenta fugir da lembrança para acontecer de novo e não consegue.
Lembrança é quando, mesmo sem autorização, seu pensamento reapresenta um capítulo.
Autorização é quando a coisa é tão importante que só dizer "eu deixo" é pouco.
Pouco é menos da metade.
Muito é quando os dedos da mão não são suficientes.
Desespero são dez milhões de fogareiros acesos dentro de sua cabeça.
Angústia é um nó muito apertado bem no meio do sossego.
Agonia é quando o maestro de você se perde completamente.
Preocupação é uma cola que não deixa o que ainda não aconteceu sair de seu pensamento.
Indecisão é quando você sabe muito bem o que quer mas acha que devia querer outra coisa.
Certeza é quando a idéia cansa de procurar e pára.
Intuição é quando seu coração dá um pulinho no futuro e volta rápido.
Pressentimento é quando passa em você o trailer de um filme que pode ser que nem exista.
Renúncia é um não que não queria ser ele.
Sucesso é quando você faz o que sempre fez só que todo mundo percebe.
Vaidade é um espelho onisciente, onipotente e onipresente.
Vergonha é um pano preto que você quer pra se cobrir naquela hora.
Orgulho é uma guarita entre você e o da frente.
Ansiedade é quando sempre faltam 5 minutos para o que quer que seja.
Indiferença é quando os minutos não se interessam por nada em especial.
Interesse é um ponto de exclamação ou de interrogação no final do sentimento.
Sentimento é a língua que o coração usa quando precisa mandar algum recado.
Raiva é quando o cachorro que mora em você mostra os dentes.
Tristeza é uma mão gigante que aperta seu coração.
Alegria é um bloco de Carnaval que não liga se não é Fevereiro...
Felicidade é um agora que não tem pressa nenhuma.
Amizade é quando você não faz questão de você e se empresta pros outros.
Decepção é quando você risca em algo ou em alguém um xis preto ou vermelho.
Desilusão é quando anoitece em você contra a vontade do dia.
Culpa é quando você cisma que podia ter feito diferente, mas, geralmente, não podia.
Perdão é quando o Natal acontece em outra ápoca do ano.
Desculpa é uma frase que pretende ser um beijo.
Excitação é quando os beijos estão desatinados pra sair de sua boca depressa.
Desatino é um desataque de prudência.
Prudência é um buraco de fechadura na porta do tempo.
Lucidez é um acesso de loucura ao contrário.
Razão é quando o cuidado aproveita que a emoção está dormindo e assume o mandato.
Emoção é um tango que ainda não foi feito.
Ainda é quando a vontade está no meio do caminho.
Vontade é um desejo que cisma que você é a casa dele.
Desejo é uma boca com sede.
Paixão é quando apesar da palavra "perigo" o desejo chega e entra.
Amor é quando a paixão não tem outro compromisso marcado. Não. Amor é um exagero... também não. É um "desadoro"... Uma batelada? Um exame, um dilúvio, um mundaréu, uma insanidade, um destempero, um despropósito, um descontrole, uma necessidade, um desapego? Talvez porque não tivesse sentido, talvez porque não houvesse explicação, esse negócio de amor não sei explicar...

Você é feliz com suas escolhas?

Gosto muito de Martha Medeiros, foi *paixão* desde o primeiro texto que li na revista de domingo do jornal *O Globo*. Assim, como há algum tempo, gostava de ler Arthur da Távola, no mesmo jornal... Tenho até alguns livros dele que ainda releio... Isso sem falar na Adriana Falcão, que costumava (ou ainda costuma?) ter seus textos publicados na Revista Época...

É por isso que hoje, estou postando um texto da Martha (Medeiros) que fará com que vc, que está lendo, entenda o porquê de minha admiração por ela.


NORMOSE

Martha Medeiros (05.08.07-Jornal
Zero Hora-P.Alegre-RS)

Lendo uma entrevista do professor Hermógenes, 86 anos, considerado o fundador da ioga no Brasil, ouvi uma palavra inventada por ele que me pareceu muito procedente: ele disse que o ser humano está sofrendo de normose, a doença de ser normal. Todo mundo quer se encaixar num padrão. Só que o padrão propagado não é exatamente fácil de alcançar. O sujeito "normal" é magro, alegre, belo, sociável, e bem-sucedido. Quem não se "normaliza" acaba adoecendo. A angústia de não ser o que os outros esperam de nós gera bulimias, depressões, síndromes do pânico e outras manifestações de não enquadramento. A pergunta a ser feita é: quem espera o que de nós? Quem são esses ditadores de comportamento a quem estamos outorgando tanto poder sobre nossas vidas?

Eles não existem. Nenhum João, Zé ou Ana bate à sua porta exigindo que você seja assim ou assado. Quem nos exige é uma coletividade abstrata que ganha "presença" através de modelos de comportamento amplamente divulgados. Só que não existe lei que obrigue você a ser do mesmo jeito que todos, seja lá quem for todos. Melhor se preocupar em ser você mesmo.

A normose não é brincadeira. Ela estimula a inveja, a auto-depreciação e a ânsia de querer o que não se precisa. Você precisa de quantos pares de sapato? Comparecer em quantas festas por mês? Pesar quantos quilos até o verão chegar?

Não é necessário fazer curso de nada para aprender a se desapegar de exigências fictícias. Um pouco de auto-estima basta. Pense nas pessoas que você mais admira: não são as que seguem todas as regras bovinamente, e sim aquelas que desenvolveram personalidade própria e arcaram com os riscos de viver uma vida a seu modo. Criaram o seu "normal" e jogaram fora a fórmula, não patentearam, não passaram adiante. O normal de cada um tem que ser original. Não adianta querer tomar para si as ilusões e desejos dos outros. É fraude. E uma vida fraudulenta faz sofrer demais.

Eu não sou filiada, seguidora, fiel, ou discípula de nenhuma religião ou crença, mas simpatizo cada vez mais com quem nos ajuda a remover obstáculos mentais e emocionais, e a viver de forma mais íntegra, simples e sincera. Por isso divulgo o alerta: a normose está doutrinando erradamente muitos homens e mulheres que poderiam, se quisessem, ser bem mais autênticos e felizes.

Martha Medeiros
(05.08.07-Jornal Zero Hora-P.Alegre-RS)

Recebido por e-mail!




Outros sites que publicam crônicas da Martha Medeiros

Pensador info ; Blog com crônicas da Martha ; Spaces de Vveloso ; querendo mais, Google it!

Quer ler mais sobre Arthur da Távola? Google it!

Quer ler mais sobre Adriana Falcão? Google it!

sábado, 18 de agosto de 2007

Ouvindo o quê??




Gostei deste clip montado no YouTube por honoriofelix
Imagens da Cidade do Rio de Janeiro e como fundo musical a música *Cariocas* de Adriana Calcanhoto :-)



Lenine canta: Wave de Tom Jobim! by suzii

quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Carlos Drummond de Andrade



Hoje ao assistir ao programa Saia Justa no GNT, soube que amanhã faz 20 anos que CDAndrade faleceu. No programa, as apresentadoras Mônica Waldvogel, Márcia Tiburi, Maitê Proença, Bete Lago e Soninha, homenagearam o poeta lendo seus trechos de poesias preferidas... Fiquei tentando lembrar-me qual, entre tantas, seria a minha preferida ...


Então achei esta poesia que até então não conhecia.... E simplesmente adorei! :-)







Todo dia é menos um dia;
menos um dia para ser feliz;
é menos um dia para dar e receber;
é menos um dia para amar e ser amado;
é menos um dia para ouvir e,
principalmente, calar!



Sim, porque calando nem sempre quer dizer
que concordamos com o que ouvimos ou lemos,
mas estamos dando a outrem a chance de pensar,
refletir, saber o que falou ou escreveu.



Saber ouvir é um raro dom, reconheçamos.
Mas saber calar, mais raro ainda.
E como humanos estamos sujeitos a errar.
E nosso erro mais primário, é não saber
ouvir e calar!



Todo dia é menos um dia para dar um sorriso.
Muitas vezes alguém precisa apenas de um sorriso
para sentir um pouco de felicidade!

Todo dia é menos um dia para dizer:
- Desculpe, eu errei!
Para dizer:
- Perdoe-me por favor, fui injusto!



Todo dia é menos um dia;
Para voltarmos sobre os nossos passos.
De repente descobrimos que estamos muito longe
E já não há mais como encontrar
onde pisamos quando íamos.
Já não conseguiremos distinguir nossos passos
de tantos outros que vieram depois dos nossos.



E, se esse dia chega, por mais que voltemos,
estaremos seguindo um caminho que jamais
nos trará ao ponto de partida.



Por isso use cada dia com sabedoria.
Ouça e cale se não se sentir bem.
Leia e deixe de lado,
outra hora você vai conseguir
interpretar melhor e saber o que quis ser dito.


Biografia de Carlos Drummond de Andrade

quarta-feira, 15 de agosto de 2007

Heroes

Para quem acompanha... se ainda não sabe.. já está marcado o início da 2 temporada nos EUA para dia 24 de Setembro... por aqui, não se sabe quando será a exibição pelo Universal Channel.
Enquanto isso veja o teaser aqui! Na mesma janela, links para entrevistas com os atores em programas de tv como: Ellen, StreamTv, HBO e outros! :-)

terça-feira, 14 de agosto de 2007

Chuck Norris....


Entrei outro dia em uma sala de chat e apareceu um nick *Chuck Norris* que começou a postar umas frases... Achei engraçadas... apesar de ser puro besteirol.. rs

*Na bandeira dos Estados Unidos, as linhas amarelas significam as vezes que alguém derrotou Chuck Norris.
* O último gato preto que cruzou o caminho de Chuck Norris entendeu perfeitamente o significado da palavra azar.
* Eram cinco os Cavaleiros do Apocalipse, até que Chuck Norris resolveu seguir carreira solo.
* A primeira namorada de Chuck Norris perdeu a virgindade quando sonhou com ele.
* Na sua caminhada anual ao redor do planeta, Chuck Norris pensou ter pego um ligeiro resfriado ao passar pelo Alaska. Receosa, a população local se mudou para o deserto de Gobi e decide se cria ou não mais um estado independente na Ásia.
* Quando Chuck Norris foi para a França pela terceira vez, metade da população fugiu. Assim nasceu Quebec.
* Todos os seres humanos querem entender os mistérios da vida. Chuck Norris obriga a vida a contá-los.
* Chuck Norris faz origamis em papel-de-seda usando luvas de boxe.
* Quando Nietzsche disse "Deus está morto", não disse quem O matou. Pense nisto.
* Chuck Norris não mata a fome. Ela morre antes do almoço. De medo.
* A expressão “os últimos serão os primeiros” surgiu na única vez em que Chuck Norris entrou em uma fila.
* A Gillette continua adicionando lâminas em seus aparelhos com a esperança de que um dia elas cortem a barba de Chuck Norris. O último aparelho, o Mach Razor 3, sequer consegue ficar mais de 0,39 segundos na mesma sala em que Chuck Norris se encontra.
* Wilson (a bola em Náufrago) nem falava com Tom Hanks. No entanto se Chuck Norris fosse o ator, a bola cozinhava, lavava roupa e ainda limpava a ilha.
* Chuck Norris recusou o convite para ser o próximo James Bond, Chuck norris nunca será lembrado com dois zeros à esquerda
* Usando de sua autoridade natural, Chuck Norris pediu uma cerveja para sua ex-mulher numa tarde de domingo, ao que ela retrucou: "Pegue você, eu não sou sua escrava!". Dizem que é possível vê-la de 43 em 43 anos em órbita pela Terra.
* Historiadores recentemente descobriram um livro da Bíblia. O Novo Testamento agora é aberto com os livros de Chuck Norris, Mateus, Marcos, Lucas, João.
*A história de Romeu e Julieta é muito mais simples do que se conta. Chuck Norris não gostava de Romeu, nem de Julieta.
* Quando era adolescente, Chuck Norris transou com cada uma das feiras de um convento próximo a Miami. Nove meses depois as freiras deram à luz ao time de 1972 do Miami Dolphins, o único time invicto da história da liga de futebol americana.
* Chuck Norris gosta de Gordinhas. Com catchup e guacamole no café da manhã.
* Contrariamente a crença popular, George Bush é um grande orador e raramente pronuncia palavras erradas. Ele parece incompetente em seus discursos porque sabe que Chuck Norris está observando.
* O míssil mais poderoso do mundo, o norte-americano Peacekeeper, tem 88 toneladas, cruza continentes a aproximadamente 23.000 km/h, com raio de ação de aproximadamente 9.700 km e com um poder destruidor de 200 megatons. Desde 2005, em razão do tratado START II, os Estados Unidos foram obrigados a remover este míssil de seu arsenal, com exceção de um. Na verdade, o míssil carrega Chuck Norris na ogiva, com uma Colt 45 na cintura.
* Chuck Norris utiliza Viagra como colírio para manter seu olhar duro.
* O muro de Berlim atrapalhava a visão de Chuck Norris do rio Sena
* Chuck Norris recentemente tem vendido sua urina para a NASA. Eles conseguem chegar em marte com apenas 1 Litro deste poeroso combustível.
* Todos nós sabemos que a palavra mágica é por favor, como na sentença Por favor, não me mate. É uma pena, mas Chuck Norris não acredita em mágica.
* Quando Chuck Norris cospe sementes de melancia, humilha qualquer metralhadora já fabricada.
* O que veio primeiro, o ovo ou a galinha? R: Vieram ao mesmo tempo. Chuck norris queria um frango assado com ovos mexidos no jantar
* A mais recente proposta de trégua de Osama bin Laden é resultado do fato de que ele descobriu que Chuck Norris realmente existe.
* Chuck Norris pode usar acento ejetável em um helicóptero.
* Na prova de matemática na escola primária, Chuck Norris colocou "Violência" em todas as suas respostas. Ele tirou 10 porque Chuck Norris resolve todos seus problemas com violência.
* Chuck Norris não considera o sexo completo se a mulher sobrevive.
* A torrada de Chuck Norris nunca cai com a manteiga virada para baixo, nem para cima. Ela flutua
* No final de uma oração, Chuck Norris não diz "Amém". Ele diz: "Entendeu?".
* Chuck Norris faz acupuntura no olho com palito de churrasco
* Chuck Norris é o único capaz de usar "copiar e colar" em uma máquina de escrever.
* Se, por um inacreditável paradoxo do tempo-espaço, Chuck Norris lutasse contra si mesmo, ele ganharia.
* A visão de Chuck Norris é tão poderosa que ele consegue ver a própria nuca olhando para o horizonte.
* Chuck Norris faz embaixadinhas com bola de sabão.
* Chuck Norris já foi homem bomba. 13 vezes.
* Quando estiver jogando xadrez, experimente dizer Chuck Norris ao invés de xeque-mate.
* Chuck Norris nunca teve uma festa surpresa de aniversário. Ninguém surpreende Chuck Norris.
* Se Chuck Norris fosse brasileiro, não existiria a Argentina.
* A menina dos olhos de Chuck Norris é sapatão.
* Se você receber um e-mail com assunto: Chuck Norris. Não abra.
* Chuck Norris corta sua pizza em fatias. 11, 13, 17 ou qualquer outro número primo

:-)


Para quem não conhece, visite este site: *As verdades sobre Chuck Norris* e conte a sua! :-)
Veja também : *Chuck Norris Facts*

sábado, 11 de agosto de 2007

Soneto de Separação


Adoro este poema, apesar de triste... :-)


Soneto de Separação

(Vinícius de Moraes)


De repente do riso fez-se o pranto

Silencioso e branco como a bruma

E das bocas unidas fez-se a espuma

E das mãos espalmadas fez-se o espanto.


De repente da calma fez-se o vento

Que dos olhos desfez a última chama

E da paixão fez-se o pressentimento

E do momento imóvel fez-se o drama.


De repente, não mais que de repente

Fez-se de triste o que se fez amante

Ede sozinho o que se fez contente.


Fez-se do amigo próximo o distante

Fez-se da vida uma aventura errante

De repente, não mais que de repente.


sexta-feira, 10 de agosto de 2007

EDIFÍCIO PARAOPEBA

Atenção: O texto a seguir é muito bom,
mas é inapropriado para pessoas que se encontram no horário de trabalho e / ou se enquadram nas situações que se seguem: estão com pressa, dificuldade de concentração, vista cansada, problemas na coluna, sede, fome, dificuldade de retenção de líquidos e sólidos no organismo, sem paciência, com raiva,
ansiosas, depressivas, ... acho que só... :-)

> paródia às placas de advertência existentes em parques de diversão nos USA<



Hoje eu estava deitada com minha cachorrinha e, de repente me vieram mil idéias sobre coisas legais pra escrever no blog. Mas sabe quando as idéias vêm assim, uma frase inteira, um texto inteiro? Gostaria que inventassem [seria muita pretensão da minha parte inventar] uma maquininha à prova d’água pra gravar idéias, pensamentos... Porque às vezes eles são tão velozes, vêm em certos momentos que não tem como anotar, fazer lembretes, nada! [comigo é no chuveiro!] Imagina sair do chuveiro ensopada, ensaboada, tateando por papel e lápis, não dá mesmo!!


E, bom.... me veio à mente um texto sobre *sofreguidão amorosa* que se linkou a uma imagem, na verdade, a uma cena que eu havia presenciado há cerca de 10 ou 15 anos atrás ... [muita coisa, hein?] Aquela cena ficou guardada na minha mente, na minha retina e, volta e meia, durante este tempo ela ia e vinha. E eu pensava ... Foi uma cena tão forte, tão intensa ... Eu PRECISO escrever algo sobre isso! E logo! antes que a cena se disvirtue, se apague...



A cena era uma coisa assim meio surreal... Imagine e me siga:
Rio de Janeiro, manhã de um dia de semana. Estou eu em um ônibus que atravessa a zona sul com destino à Gávea. Este ônibus pára no sinal. Eu, então olho pela janela à minha direita e vejo um vai e vem terrível de gente, carros, gente carregando coisas...



O bairro é botafogo [ou seria flamengo?].
O horário: entre 9 e 10 horas da manhã de um dia de semana. [Pela agitação arrisco-me a dizer que seria talvez uma segunda-feira ou uma sexta-feira.]
Cenário: calçada estreita e movimentada, rua esburacada em frente a um prédio cujo nome não esquecerei tão facilmente: EDIFÍCIO PARAOPEBA.
[Lembro-me de que, após assistir a cena, a primeira coisa que fiz foi olhar ao redor na tentativa de procurar um marco e o que vi não foi nem o Mc Donalds nem o Bob’s mas o nome do Edifício!]



A cena era a seguinte:
ZumZumZum, gente passando.. A porta do edifício, - daquelas pesadas, de ferro com arabescos e com vidro - se entreabre...



Vejo um rapaz. Não, era um homem, jovem; de terno escuro e camisa social branca; cabelos curtos, escuros e bem-cortados; pasta na mão. Ele sai, mas de costas, como se estivesse sendo retido; como estivesse ainda falando com alguém. Não dá pra ver quem é. Ele então se desvencilha, e dá dois passos para fora do edifício, girando o corpo na direção da saída.



No meio do tumulto de vozes, buzinas, gritos ele pára. Parece que ouve um som e se volta na direção da porta. Alguém o chamou. Eu o estou acompanhando.



Volto para olhar o que ele procura. Junto à porta vejo somente um rosto de mulher. Ela é ainda jovem, cabelos louros, pele clara, cara de quem acordou faz pouco tempo, sem batom, sem penteado produzido, apenas o suficiente pra não parecer desgrenhada. Ela olha pra ele como se ignorasse tudo o que se passa ao redor – a agitação, o barulho, o tumulto e – principalmente, a pressa dele, a urgência dele em ter que sair dali pra chegar a outro lugar [que eu não sei, mas parece importante]. Eles se olham. Ele vê tudo o que se passa ao redor. Ela só vê ele.



Ele então volta. Aproxima-se da porta. Chega perto do rosto dela – que é tudo o que vejo – e dá-lhe um beijo rápido na boca. Os rostos se afastam.



Mas ela parece sedenta, sôfrega. Parece que este beijo, - assim como os outros que provavelmente eles devem ter trocado antes de ele sair pela porta, - e os outros, imagino eu, que trocaram no percurso da porta do apartamento, corredor, hall do edifício, até que chegassem àquela porta ... nenhum destes beijos parece ter sido sufiente para ela. Ele então, ali, na porta, faz menção de afastar-se, como se já estivesse partindo.



É então que acontece: ela sai. Ela sai. Abre a porta, mas não toda. E sai do prédio. Dá cerca de 3 a 4 passos para fora, para o meio da rua... Preciso descrevê-la.



Ela está usando nada mais nada menos que uma camisola cor marfim e um negligee da mesma cor, esvoaçante, etéreo, transparente... Parece uma figura que saiu do sonho de alguém ... Como se fosse uma daquelas ninfas que aparecem em filmes, como no Senhor dos Anéis.. Então esta mulher loura, ainda jovem, cabelos louros, longos, meio desbotados, sai do prédio, vestida deste jeito, com o olhar fixo no homem jovem como se não existisse mais nada nem ninguém ao seu redor... como se o mundo tivesse acabado e só houvesse ele e ela. Ela se aproxima dele com aquele olhar penetrante. Estende suas as mãos em direção ao rosto dele, enlaçando-o pelo pescoço, suavemente. As mãos dela se prendem ao rosto dele e, então, é neste momento que ela lhe dá o beijo mais sôfrego que eu já vi. E não falo de sofreguidão cinematográfica, coisa sofrida, desesperada. Falo de um sentimento verdadeiro.



Parecia que ela estava com sede, muita sede e ele era o pote com o último gole de água...



Ela agarra, beija, suga... E ele ... para falar a verdade, não me lembro. Não me recordo se ele relutou como se faltasse ar. Se ele se entregou como objeto de paixão. Se ele se aborreceu. Se ele achou engraçado, hilário, cômico. Não sei dizer .. Infelizmente. Porque ele estava quase que totalmente de costas pra mim neste momento. E eu me fixei nela... com todo aquele negligeé transparente no meio do caos caótico que é este bairro de flamengo [ou botafogo?].



Ela então dá este beijo que parece que tem que ser dado ou ela vai ter um troço.



A impressão é de que eles não se verão por muito tempo... E de que também não se viam há muito tempo quando se encontraram na noite anterior... E agora? Agora, ela tem que deixá-lo ir.... Pelos movimentos do corpo dele – ele precisa ir... Talvez não queira, não sei dizer – mas ele precisa... E ela? Ela? Ora, por ela, ela largava tudo pra ir atrás dele. Faria qualquer coisa para evitar que este compromisso fosse inadiável. Talvez ... Talvez seja isso mesmo... ele tenha precisado partir antes da hora. Por isso esta sofreguidão, esta aflição... Era como se alguém o estivesse roubando dela por momentos preciosos que lha pertenciam.



Depois do beijo? O que aconteceu? Você quer saber...



Depois do beijo seguiram-se outros pequenos intensos beijos.. Ela não queria deixá-lo ir.. Ele, por fim, segurou-lhe as mãos que ainda se encontravam presas a seu rosto e olhou-a fixamente nos olhos... Mexeu os lábios [sim, consegui ver isto porque eles mudaram de posição, agora estavam de perfil, de lado pra mim] Ele mexeu os lábios e disse qualquer coisa. Ela então, que estava olhando fixamente pra ele, olhos abertos, bebendo seu olhar, baixou as pálpebras, os olhos, sem baixar o rosto, naquela expressão de aceitação resignada de quem já usou todos os artifícios para impedir a partida, mas tem que aceitar que ela é inevitável... Eles então trocam um último beijo, intenso mas rápido.



E ele então se afasta... Ela o acompanha com o olhar. E observe só...



Bastou ele se afastar um pouco mais e ... foi como se o encanto parcialmente se quebrasse ... as pessoas voltaram a existir ao redor dela. Ela então se dá conta do caos, do movimento, da agitação do barulho... Da vida real – eu diria... pois ela estava quase que envolvida em um transe hipnótico... E notando isso tudo, ela olha discretamente ao redor, fecha o negligee rapidamente, mas sem perder sua aura de tranqüilidade e paixão. Não, ela não fecha como se tentasse se esconder e a tudo o que fez até então. Ela fecha como se estivesse se protegendo do frio...



[Sabe, nos filmes quando aparece uma cena de uma família que saiu de pijamas e roupão no meio da rua porque a casa estava em chamas? Eles focam a mãe, ela esta envolta em um roupão; de um lado está o marido, do outro os filhos... Ela então fecha o roupão em um gesto de quem sente frio enquanto observa a cena... Eu arriscaria dizer que é como se fosse uma espécie de movimento, de gesto que se faz quando alguém está diante de uma sensação de perda. É isso! Como se aquele roupão abraçando o seu corpo fosse transmitir alguma sensação de calor, de carinho, de conforto, de consolo. É exatamente isso!]


Então ela faz este gesto, mas não se curva, continua ereta. Cruza ligeiramente os braços na frente do corpo e leva a mão direita em direção aos lábios. E fica olhando para o homem jovem partindo... No rosto, aquela expressão de “queimaram a minha casa”, uma das mãos cobre os lábios, o olhar parado, acompanhando-o enquanto ele se perde no movimento de pessoas, buzinas, barulho, caos.


Mas isso é tudo muito rápido... A partir do momento em que ele se afasta, ela sai do transe, negligee, olhar, mão, boca e ... Snap... foi como se um diretor imaginário gritasse “Corta! Valeu!”.



Foi assim... De repente ela já está dando as costas para a cena e voltando para a porta e desaparecendo com seu negligee marfim esvoaçante ... É neste momento que eu olho ao redor. Vejo o nome do edifício... Mas agora, enquanto escrevo, suspeito que o que eu verdadeiramente procurava era a equipe técnica.. Onde estão as câmeras? Porque esta cena me pareceu tão surreal... tão surreal que .. durante todos estes anos eu nunca pude esquecê-la e nunca consegui descrevê-la com tamanha intensidade como hoje... Nunca consegui sequer escrever uma linha sobre ela... Mas ela sempre voltava à minha mente e tinha um post it nela dizendo:



*Cena do Edifício Paraopeba. Preciso escrever sobre isso!!*



Bom, o dia chegou. Então hoje eu escrevi. Missão cumprida. Agora, nem eu sei o que vai acontecer... Talvez esta lembrança vá pra um local empoeirado da minha mente, uma espécie de arquivo-morto, de onde só será ressussitada se eu voltar a ler este texto daqui a algum tempo... A cena então voltará, vívida como nunca, e eu saberei que fiz um texto bom sobre ela se, ao lê-lo, ele trouxer de volta à minha memória tudo o que eu senti quando a presenciei. E vou me sentir quase até como uma escritora porque será como se eu estivesse lendo um daqueles poemas intensos, escritos por poetas consagrados. Aqueles certos poemas que você lê e sente algo indizível. E tamanha é a sua identificação com o texto lido, que sente como se ele estivesse sido escrito para você. E até pensa: Eu gostaria de ter escrito isso!!



Bom, se você conseguiu chegar até aqui, obrigada! Espero que tenha reconhecido algum momento seu ao ler meu texto! E, se por acaso já ouviu falar de alguém que tenha um gadget que grava pensamentos nossos enquanto estamos no chuveiro, não hesite em me avisar! A qualquer hora! :-)

By Barbarella

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

musica visual...


Este é o site de Aaron Jasinski : artista, pintor e músico

Ao entrar escolha uma barra colorida para ver as pinturas .... ou uma das bolinhas, se preferir ouvir as músicas... Além disso, vc pode ouvir a música enquanto navega nas pinturas..
O design do site é um show à parte..

Magazine illusions


Veja só esta idéia... Magazine illusions...

Vc já riu hoje???


MEU LIVRO CHEGOU!!!!

Aê pessoal .. Estava eu aqui passando um mertiolado nas minhas escoriações emocionais, resultado de um salto estratégico para fora de um relacionamento virtual em movimento quando....

Tchadã...
-Quem bate?
-É o correio...
-hã?
-tem pacote, moça.

oba... hum... será?

Sim... era sim... o prêmio Goitacá que batia à minha porta!!VLW Bender!!

Chegou o livro: *1000 lugares para conhecer antes de morrer*...

Cara, o livro é grosso, hein? e vou ter que juntar grana rápido se quiser conhecer 1/3 de tudo aquilo antes de morrer...

Naaahhh, eu não vou morrer cedo não.... vixe... mas ... sabe como é... alguns dos monumentos e lugares lindos dos quais o livro fala podem já ter sido destruídos (pelo homem) antes que eu ponha os pés ou aponte minha câmera digital para aquela direção.

Então.... olhe para baixo e vc verá a tentativa do que eu chamo de *foto criativa*.

Para não tirar uma simples foto com o livro na mão, coisa batida, sem graça e com muito pouca originalidade... Simulei estar dentro da minha mochila e estar puxando o livro pra dentro... A foto foi tirada com o celular, então.. não sejam exigentes, ta bom?

Abraços Roberta!!!

Ah? o que? as escoriações emocionais? ah, sim... foi coisa leve, mto leve... melhor saltar em movimento antes que seja tarde demais...rs se interessou? aqui eu conto :-)

quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Mude (EDSON MARQUES)


Mude.

Mas comece devagar,

porque a direção é mais importante que a velocidade.

Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa.

Mais tarde, mude de mesa.

Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua.

Depois, mude de caminho, ande por outras ruas,

calmamente,

observando com atenção os lugares por onde você passa.

Tome outros ônibus.

Mude por uns tempos o estilo das roupas.

Dê os teus sapatos velhos.

Procure andar descalço alguns dias.

Tire uma tarde inteira pra passear livremente

na praia, ou no parque,

e ouvir o canto dos passarinhos.

Veja o mundo de outras perspectivas.

Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda.

Durma do outro lado da cama...

depois, procure dormir em outras camas.

Assista a outros programas de TV,

compre outros jornais...

leia outros livros.

Viva outros romances.

Não faça do hábito um estilo de vida.

Ame a novidade.

Durma mais tarde.

Durma mais cedo.

Aprenda uma palavra nova por dia

numa outra língua.

Corrija a postura.

Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes,

novos temperos, novas cores, novas delícias.

Tente o novo todo dia,

o novo lado, o novo método, o novo sabor,

o novo jeito, o novo prazer, o novo amor, a nova vida.

Tente.

Busque novos amigos.

Tente novos amores.

Faça novas relações.

Almoce em outros locais,

vá a outros restaurantes, tome outro tipo de bebida,

compre pão em outra padaria.

Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa.

Escolha outro mercado...

outra marca de sabonete, outro creme dental...

tome banho em novos horários.

Use canetas de outras cores.

Vá passear em outros lugares.

Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.

Troque de bolsa, de carteira, de malas,

troque de carro, compre novos óculos, escreva outras poesias.

Jogue fora os velhos relógios,

quebre delicadamente esses horrorosos despertadores.

Abra conta em outro banco.

Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros teatros, visite novos museus.

Mude.

Lembre-se que a vida é uma só.

E pense seriamente em arrumar um novo emprego,

uma nova ocupação, um trabalho mais light, mais prazeroso,

mais digno, mais humano.

Se você não encontrar razões para ser livre,

invente-as.

Seja criativo.

E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa,

longa,

se possível sem destino.

Experimente coisas novas.

Troque novamente.

Mude, de novo.

Experimente outra vez.

Você certamente conhecerá coisas melhores

e coisas piores do que as já conhecidas.

Mas não é isso o que importa.

O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia.

Só o que está morto não muda!
imagem e texto: Flickr