sexta-feira, 3 de abril de 2009

(( arriscar ))




Se eu não fosse tão certinha,

com medo de virar minha vida do avesso,

eu tentava...

Tentava pular do trapézio no ar,

sem ter rede de segurança ..

só pra ver o que podia acontecer,,,




Não sei, mas arrisco dizer

que determinadas aventuras e travessuras

quando são feitas assim, com certa liberdade, com certa leveza,
deixam marcas bem mais leves...

efeito esse que é oposto ao produzido
quando se imprime excessiva seriedade:

as marcas são fundas, há cobrança, há dor... há peso..
(Roberta - 03/04/09)
Os versos são meus, mas me inspirei depois de ler alguns que estavam neste blog aqui

3 comentários:

armando disse...

Profundo!!

Diria que a chave é saber a altura da queda. Arrisquemos,mas tb não vamos quebrar a coluna se der errado..rs..

Armando

p.s: adivinha de onde??

"Roberta" disse...

Rss..

Diógenes Pacheco disse...

Feliz de quem sabe ter um pouco de distração e um pouco de leveza...